Blog | Expertise

Mercado de Investimento Imobiliário Mercado Imobiliário

Investir em imóveis vale a pena?

Escrito por

Henrique Sá


Formado em Marketing pela USP. É Head de Marketing na Glebba Investimentos. Acredita no poder das redes e do conhecimento, como principal caminho de mudança.


Comprar casas, apartamentos ou salas comerciais, para vender ou alugar, caiu no gosto popular nos últimos anos como uma opção segura e rentável de investimento, mas de fato, investir em imóveis vale a pena?

Descubra quais as vantagens e desvantagens de investir em imóveis e se esta opção de investimento combina com você.

Formas de investir em imóveis

Ao contrário do que se imagina, existem pelo menos 5 formas de investir em imóveis, algumas até com pouco dinheiro. Dentre elas podemos citar:

Vantagens de investir em imóveis

Investir em imóveis possui diversas vantagens entre elas, podemos destacar:

Segurança

Ao investir em um imóvel, seja em um título ou na compra de um bem real (casa, apartamento, galpão e entre outros), você está investindo em um mercado sólido que não sofre alterações bruscas ao longo dos anos.

Sendo inclusive uma alternativa viável para se proteger da alta da inflação, no caso da compra de um imóvel, já que por ser um ativo real, seu valor real oscila proporcionalmente.

Retorno sobre Investimento

A compra e venda de imóveis, apesar da baixa liquidez, costuma ser uma opção de investimento acima da média, trazendo retornos de 30% ou mais para o investidor.

Na compra de cotas de fundos imobiliários, além de pequenos rendimentos mensais, se tem retorno sobre investimento (maioria das vezes positivo) com a venda das cotas destes fundos.

Em crowdfunding imobiliário, a rentabilidade dos investimentos costumam ser maiores em relação às cotas de FIIs, pois o investimento imobiliário é direto no empreendimento e giram em torno de 15% até 20% ao ano.

Desvantagens de investir em imóveis

Baixa liquidez

Tirando fundos imobiliários, e algumas ofertas de crowdfunding imobiliário que te permitem vender a cota rapidamente, investir em imóveis é uma atividade que não te permite a venda de maneira rápida, como a venda de uma ação na bolsa de valores, por exemplo.

Ao adquirir um imóvel, seja ele um apartamento, uma casa, um lote, ou até mesmo uma terra, o processo de vendas deste ativo não é simples e pode demorar meses dependendo do caso.

Isso porque a atividade de venda do imóvel envolve encontrar um comprador, realizar o processo de negociação, estruturar toda papelada entre uma série de outros passos.

Retorno a longo prazo

Investir em imóvel geralmente é uma atividade que envolve alto retorno e segurança, mas não pode ser um tipo de investimento realizado esperando retorno em semanas ou meses.

Neste mercado, o processo de especulação imobiliária demora para se concretizar. Isso porque, os fatores que valorizam os imóveis, como crescimento demográfico da região, melhoria na infraestrutura local e obras do próprio empreendimento crescem de forma lenta e gradual.

Desta forma, ao investir em imóveis é preciso ter uma reserva de emergência bem definida para que não seja preciso contar com o dinheiro deste investimento antes do prazo.

Custos inerentes à compra de um imóvel

Ao comprar um imóvel, existem alguns custos que vem junto ao imóvel. Dentre eles podemos citar:

  • ITBI (Imposto de Transmissão de Bens é um dos valores) que pode chegar a 6% do valor do imóvel.
  • Corretagem para venda do imóvel. Valores podem somar entre 2 e 5% do valor do imóvel.
  • Reformas e manutenções para valorização do imóvel

Tenha em mente estes custos extras na hora de calcular a rentabilidade de seus investimentos.

Conclusão

Valer ou não a pena investir em imóveis casa com seu perfil de investimento e sua ponderação das vantagens e desvantagens acima.

Como dicas podemos te dizer para encarar investimentos em imóveis como algo para sua aposentadoria, que vai além de uma reserva de emergência e também para comparar a rentabilidade das diferentes formas de investir em imóvel para encontrar a que mais combina com você.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



As sociedades empresárias de pequeno porte e as ofertas apresentadas nessa plataforma estão automaticamente dispensadas de registro pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. A CVM não analisa previamente as ofertas. As ofertas realizadas não implicam por parte da CVM a garantia da veracidade das informações prestadas, de adequação à legislação vigente ou julgamento sobre a qualidade da sociedade empresária de pequeno porte. Antes de aceitar uma oferta, leia com atenção as informações essenciais da oferta, em especial a seção de alertas sobre riscos.

INSTRUÇÃO CVM Nº 588, DE 13 DE JULHO DE 2017